Introdução

O curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Faculdade de Iporá – FAI forma profissionais empreendedores plenos e de concepção, capazes de avaliar a dimensão das alterações ambientais causadas pelas atividades do homem, considerando sua magnitude, duração, reversibilidade e natureza. Dotados ainda de sólida base de conhecimentos técnico-científicos nas áreas de Gestão Ambiental e Saneamento Ambiental para atuarem na concepção, projeto, construção, operação e gerenciamento de sistemas ambientais, de maneira a contribuírem para a conservação e recuperação do equilíbrio do meio natural frente às demandas socioeconômicas da Sociedade. Ao final do curso, os discentes tornam-se profissionais com atitude cidadã empreendedora, alicerçados em conhecimentos específicos que permitem o exercício da profissão com responsabilidade socioambiental, e capacidade de aprender a aprender e sintonia com a educação continuada.

 

Público

O estudante interessado em atuar no ramo de Engenharia ambiental e sanitária tem que gostar, em primeiro lugar, de física e matemática – conhecimentos presentes em abundância na atuação profissional. Concentração, liderança, agilidade, criatividade, raciocínio lógico e meticulosidade também são fundamentais para o exercício da profissão. Além disso, ter atenção aos detalhes, boa comunicação, capacidade de resolver problemas com praticidade e habilidade para trabalhar em equipe também são aspectos importantes para se destacar no mercado.

Sendo assim o público alvo do curso de Engenharia ambiental e sanitária, são estudantes do ensino médio; gestores que desejem gerenciar projetos ambientais e sanitaristas; técnicos que desejem se especializar na área socioambiental; profissionais que tenham afinidade com as questões de cunho ambiental e liderança e que almejem desenvolver-se academicamente para pesquisar, inovar, empreender e influenciar a região e o país.

 

Mercado

A preocupação com o meio ambiente tem crescido nos últimos anos no país, aumentando a procura pelo bacharel. A maior demanda parte de consultorias, onde este engenheiro é solicitado a atuar na área de licenciamento ambiental. Muitos graduados também abrem seus próprios escritórios para trabalhar com a emissão de licenças. Merecem destaque, ainda, a recuperação de áreas degradadas e as ações de sustentabilidade, cobradas com ênfase cada vez maior das indústrias. Grandes construtoras e empresas de energia também demandam estes profissionais, para avaliar e prevenir o impacto ambiental nas obras e manutenção das operações de hidrelétricas e termelétricas. “Uma parte dos alunos é absorvida pelo setor público, para atuar em secretarias estaduais e municipais de meio ambiente.

Sobre o Curso

Tipo:
Graduação – Bacharelado

Modalidade:
Presencial

Duração:
10 semestres

Coordenação

bianca

Bianca Christofoli Freitas Queiroz

Engenheira Civil e Engenheira de Segurança do trabalho

Especialista em Docência do Ensino Superior

Mestre em Desenvolvimento Regional