Introdução

Odontologia é a área da saúde humana que estuda e trata do sistema estomatognático – compreende a face, região de cabeça/pescoço e cavidade bucal, abrangendo ossos, musculatura mastigatória, articulações, dentes e tecidos. Cirurgião-Dentista ou Odontólogo ou Odontologista é a denominação dada a estes profissionais no Brasil; em Portugal. Por saúde oral, entende-se a ausência de doença estomatológica, bem como a correta função, estabilidade e até mesmo estética de todo o sistema estomatognático. Os estudos atuais mostram que a saúde oral tem sérias implicações na saúde humana, sendo as duas indissociáveis. No Brasil a Odontologia se configura como especialidade médica autônoma, desta forma o cirurgião-dentista detém todas as prerrogativas médicas, com exceção a emissão de atestado de óbito. Essa situação ficou configurada pela Lei de regulamentação da Odontologia e após a aprovação da Lei do ato médico, na qual a Odontologia foi totalmente isentada em sua área de atuação. A formação inclui disciplinas das áreas de saúde e ciências biológicas, como anatomia, patologia, fisiologia, histologia, microbiologia, imunologia e bioquímica. As matérias profissionalizantes incluem radiologia, materiais dentários, dentística, endodontia, periodontia, cirurgia bucomaxilofacial, prótese, odontopediatria, harmonização orofacial e ortodontia. No segundo ano o aluno começa a treinar restaurações e demais procedimentos em aulas práticas de laboratório, utilizando um manequim odontológico. A partir do terceiro ano o aluno passa a atender pacientes na clínica da faculdade. O curso dura em média 5 anos, chegando a 6 em algumas faculdades. É obrigatória a apresentação de um trabalho de conclusão de curso.

 

Público

O curso de graduação em Odontologia da Faculdade de Iporá assume o compromisso de buscar o perfil do formando, conforme consta no artigo 30 da resolução CNE/CES 3, de 19 de fevereiro de 2002: Cirurgião-dentista com formação generalista, humanística, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor técnico e científico. Capacitado ao exercício de atividades referentes à saúde bucal da população, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade. O curso tem como prioridade formar um profissional com pensamento científico, com foco no atendimento humanizado, e com um perfil crítico, e humanista capaz de entender a sociedade onde está inserido atuando nos diversos níveis de atenção, prevenção e promoção da saúde. De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais o currículo do Curso de Odontologia permite a construção de um perfil acadêmico e profissional com competências, habilidades e conteúdos necessários para a atuação com qualidade, eficiência e resolutividade no Sistema Único de Saúde (SUS). Para isso, tem como objetivo levar os alunos do curso de graduação em Odontologia a aprender a aprender, que engloba aprender a ser, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a conhecer, garantindo a capacitação de profissionais com autonomia e discernimento para assegurar a integralidade da atenção e a qualidade e a humanização do atendimento prestado aos indivíduos, famílias e comunidades.

 

Mercado

O profissional possui um amplo mercado de trabalho em clínicas particulares, hospitais públicos e particulares, unidades de tratamento intensivo, em unidades de saúde pública municipais, estaduais e federais, perícia forense, concursos públicos, atendimento domiciliar (home care), em consultório próprio e se optar pela carreira acadêmica, como docentes em faculdades e universidades. Algumas das áreas de atuação são clínica geral, cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais, harmonização orofacial, odontogeriatria, odontologia do trabalho, patologia bucal, endodontia, periodontia, odontopediatria, ortodontia, implantodontia, prótese, estética, reabilitação bucal, dentre outros. Segundo estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), o profissional de Odontologia é um dos mais bem remunerados do mercado. O salário médio da categoria é de R$ 4.238,65 por 37,46 horas de trabalho por semana. Alguns concursos públicos oferecem mais de R$ 10.000 por mês, enquanto o salário dos profissionais que optam por montar clínicas particulares é de cerca de R$ 5.000/R$12.000 dependendo da especialidade e carga horária mensal.

Sobre o Curso

Tipo:
Graduação – Bacharelado

Modalidade:
Presencial

Duração:
10 semestres

Informações

Coordenação

Osmar Martins Ferreira Júnior

Mestre em Odontologia pelo Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), área de concentração em Clínica Odontológica. Linha de pesquisa em Odontopediatria. Especialista em Ortodontia pelo Instituto Orion/Uningá. Bacharel em Odontologia pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas (Unifal – MG).